espelho1

 

 

Se olho pra mim
E não vejo a janela
É porque a minha vida
Está indo com ela
Se olho pra mim
E não vejo o caminho
É porque sozinho
Eu não sei caminhar
Se nos meus olhos você vê
Toda angustia que sinto
É porque sou menino
E preciso de você

Se olho pra mim
E não me vejo em mim
É porque fugi
Pra não fingir
Que não estou te vendo assim
Quanta vaidade!
Quanta estupidez!
Alma delirante…
Quanta insensatez!
Tenho que fugir
Pra não fingir
Que não estou te vendo assim
Se eu olhar em mim
E encontrar a luz
Paro de fugir
Volto até aqui
Pra te iluminar
Pra te ver feliz.