88888

 

Minha deusa
Minha força
Fonte de alegria
Minha fantasia
Por mais que eu te diga
Parece-me não ter dito nada
Minha concubina
Minha vida
Quero te abraçar, te apertar contra meu corpo
Até que se pareça um só
Vou te dar um nó
Pra nunca mais
Você fugir de mim

Já armei a rede na varanda
Anda! Estou te esperando aqui
Não se espante
Se eu te amar pra sempre
E se for pouco
Te amo um pouco mais
Há dois sois pra cada um na terra
Mas você é um sol nascendo em mim
Todo dia
Meu anjo querubim
Minha razão de ser feliz
Tudo aqui é frio sem você
Só há nuvens no meu céu
Mas você é um sol nascendo em mim
Anda…!
Estou te esperando aqui…

Comentários

  1. ana costa disse:

    Muito bom o que vc escreve continue assim